E por que homens que não conhecem a História... pensam que a conhecem?” (G. K. Chesterton)

A História da Igreja não é uma muralha alta em que não podemos ver o que está atrás, a História da Igreja é uma escada que por mil motivos se tornou árdua sua subida, o que posso dizer que vale todo o esforço, pois ao subir sua visão será a Verdade e a busca por ela deve nos mover no sentido favorável a Deus, a História aproxima de Deus e não afasta, quando se tem a certeza de que a Igreja Católica foi fundada por Cristo e em meio ao caos que tantas sociedades foram jogadas o barco da Igreja não afundou e isso se dá porque o auxilio não é desse mundo, povos tão fortes ruíram diante de ações simples, impérios tão poderosos desapareceram da noite para o dia, reis absolutos se tornaram impotentes, países poderosos foram esquecidos. E o barco da Igreja continua a navegar sendo ao mesmo tempo, porto seguro, farol na escuridão e o meio para nos levar a Deus.
Às vezes me pego a pensar em algumas perguntas sobre Igreja Católica e sua História e sou tomado por uma tristeza perturbante, quando ouço certas perguntas fico pensando qual o motivo de haver tão grande má vontade para a Sua História.
O homem quando tem vergonha da sua própria História tende a querer esconder, apagar, esquecer e eu sei que a função da História é fazer com que aquilo que aconteceu não seja esquecido pela sociedade, e ai me pego ainda mais triste porque me questiono então se minha função é correta se estou em um desvio de função, porque na verdade eu não tenho tido a atividade de lembrar a sociedade da História da Igreja eu tenho tentado demonstrar que estamos sendo enganados, dizendo que as coisas não são bem assim!
Hoje faço um convite para algo bom, entretanto que exige um esforço, não tema a História ela irá te aproximar de Deus, acredite! Venha conhecer a História da Igreja Católica de coração aberto e com a cabeça cheia de perguntas!


Download do texto "Para entender a Idade Média" de G.K. Chesterton


Marcos Levi
Professor de História, Oficina de Valores

4 comentários:

Alessandro Garcia disse...

Interessante você afirmar que a história pode aproximar a pessoa de Deus. A maioria dos professores de ensino médio tende a discordar.Vejo professores que chegam mesmo a perseguir os alunos.
Aguardo ansioso as postagens.

Breno R. Machado disse...

Mais um ansioso por esses posts

Ana Coquito disse...

Vou acompanhar com certeza!
Estava até procurando saber mais sobre o assunto. Muito bom aprender de fontes confiáveis. :)
E Chesterton sensacional, como sempre.

Rodrigo Moco disse...

E a lista da ansiedade não para de crescer!

Postar um comentário