Por: Daniele
Daniele e Jéssica - Retiro de Carnaval 2014

Compartilhar sentimentos e pensamentos da minha vida com outras pessoas nunca foi algo fácil, mas dessa vez, seria egoísta se não o fizesse.

Meu nome é Daniele, tenho 23 anos, sou formada em Direito e, nestas linhas, compartilho mais que uma experiência de um retiro de carnaval, compartilho uma experiência com Aquele que é o motivo de tudo aquilo acontecer.

Esse foi o segundo retiro de carnaval que participei. Em 2012, naquele sítio, fiz meu primeiro retiro e , apesar de não ter vivido de verdade toda a proposta do retiro, posso dizer que tive meu primeiro encontro com Cristo. Mas, como eu mesma ouvi lá em diversas oportunidades, sem acreditar, a caminhada logo após aqueles dias foi difícil, foi muito difícil. Me deixei controlar por meus próprios sentimentos e a fé foi ficando esquecida. Na verdade eu nem sei se desisti fácil da caminhada, ou se nem comecei.

Assim a vida foi seguindo, fui caminhando, tropeçando, sofrendo, tentando... Em 2014, a vida que não se definia nem como uma caminhada com Cristo, nem como uma vida sem Ele, uma vida de dois caminhos, vazia, cheia de dúvidas, medos e angústias, se tornou algo insuportável. Foi então que algo que eu deveria ter aprendido naquele primeiro retiro em 2012 se tornou latente em mim: o que faltava na minha vida era Deus e mais nada. Assim, começo a dividir com vocês o que vivi entre os dias 28 de fevereiro e 05 de março desse ano.

Pra começar, o que fez toda a diferença entre esses dois retiros foi que nesse, eu estava com o coração aberto pra ir ao encontro de Deus. Não tinha mais nada no meu coração tomando o espaço Dele. Nada mais era prioridade, nenhum tipo de sentimento. Fui pra lá como o filho que correu da mãe na rua, se machucou e volta com um aperto no coração pedindo ajuda. É assim que Deus nos quer; Ele nos quer por inteiro. Ele não quer um espaço no nosso coração, isso é pouco. Por ter, finalmente, aberto o coração pra Aquele que me chamou de uma forma tão especial há dois anos atrás, eu pude viver uma experiência única na minha vida.

Naqueles dias, aprendi que não importa o tempo que você leva. Deus espera por você o tempo que for necessário pra que você perceba que Ele é a luz da sua vida. Ele estava lá me esperando. Agora posso afirmar com toda certeza: estar na presença de Jesus é uma alegria imensurável, é mágico, é algo que não dá nem pra descrever, mas acredite, Ele fica muito mais feliz com a sua presença.

Aprendi que deixar a fé ser o que ela é, maior do que qualquer sentimento, faz tão bem, é algo tão maravilhoso que eu nem sei por que demorei tanto pra perceber. A alegria que vem de Deus é tão boa, é tão grandiosa... Ela preenche o espaço vazio de qualquer sentimento ruim, que atrapalha, incomoda, atrasa e depois que você experimenta ela, não quer outra coisa! Sempre fui uma pessoa fechada, séria, de poucas palavras. Mas depois da alegria que experimentei com Jesus naquele retiro, me vi sorrindo a toa, achando graça em coisas simples, cantando, dançando, querendo dividir essa alegria com as pessoas.

Nunca entendi bem quando ouvia que seguir a Deus era sentir-se livre. Ora, se eu tenho que seguir a alguém, obedecer e não posso mais fazer o que eu quiser, eu não sou livre! 

Grande engano! 

Nós somos escravos de nós mesmos, escravos do que o mundo nos impõe. E isso sim é o que tira a liberdade e faz mal a todas as pessoas, sem exceção. Viver aprisionado em si mesmo é falta de liberdade. Sair de si e viver pra Deus é a mais maravilhosa e a verdadeira sensação de liberdade. Ser livre é se doar. Ser livre é viver um propósito maior do que a vida mesquinha que o mundo nos oferece. Ser livre em Cristo é nunca mais ser escravo dos próprios sentimentos.

Deus é um amor tão grande, mas tão grande, que quando você deixa Ele tocar bem fundo no seu coração, é você quem vai querer cada vez mais estar perto Dele. Deus não é aquele Pai severo, de cara feia, que da broncas como eu pensava. Ele tem um sorriso lindo e olhos que são o reflexo de um amor tão grande que não cabe em palavras, os olhos Dele são o amor! Deus é bom e justo. Ele espera tanto por cada um de nós, que não precisamos de nenhum esforço para encontrá-lo, para provar desse amor. Basta abrir verdadeiramente o coração que Ele estará lá, sorrindo, esperando você.

É verdade que quando o amor de Deus entra na vida de uma pessoa, a vida dessa pessoa muda. A minha mudou. Todos os meus problemas, meus medos, meus planos, estão com Ele. Eu nunca me senti tão segura em toda minha vida. Eu sei que a caminhada vai ser difícil, somos seres humanos limitados e falhos. Mas agora eu sei que nunca mais vou estar sozinha, vai ter sempre Alguém pra me levantar, pra me preencher. Não há nada maior do que a fé que hoje eu tenho e que hoje eu vivo.

Deixo aqui o testemunho de alguém que sempre achou que podia viver sozinha, que achava que sabia de tudo, que achava besteira essas "coisas da igreja", que sempre elevou os próprios sentimentos acima de tudo. Eu aprendi que não dá pra ser feliz de verdade sem Deus e não dá pra seguir dois caminhos. Hoje, Ele é o Deus da minha vida. Essa foi minha decisão. Nunca me senti tão livre e feliz! Viver isso também é fácil: Basta abrir o coração.

Daniele Linden

0 comentários:

Postar um comentário