Por: Thais


Meu nome é Thais Carvalho, tenho 25 anos, sou formada em Administração e resido no Alto da Serra. Fiz catequese e crisma na Paróquia de Santo Antônio, mas desde que terminei a crisma estive ausente da presença de Deus.

Minha família é dividida entre duas religiões, minha mãe é evangélica e meu pai católico, porém ele não freqüenta a Igreja. Eu acabei ficando no meio. Apesar de sempre me considerar católica, questionava-me sobre alguns pontos relacionados a Igreja, não concordava com algumas coisas. Mas também não sentia vontade de seguir como evangélica e essa  indecisão religiosa acabou me afastando do Pai. Já não frequentava mais a Missa, fiquei um bom tempo só indo a Igreja quando tinha algum casamento, batizado, algo do tipo e assim os anos foram passando, e eu cada vez mais distante de Deus.

Minha mãe sempre me aconselhou a buscar um caminho para me reaproximar do nosso Senhor, eu até tinha consciência dessa necessidade, mas nada fazia. Há algum tempo sentia necessidade de um reencontro com Deus, mas eu não sabia como dar o pontapé inicial, ou melhor, até sabia, mas faltava atitude!

Até que em outubro conheci um anjinho e conversando com ele, contei sobre a minha vontade de ir à Igreja. Foi então que ele me fez o convite para ir à Missa. Aceitei e, apesar de estar em um lugar onde não conhecia ninguém, uma paróquia tão longe da minha e ficar um pouco perdida, num todo, foi bom pra mim e me senti bem. E neste mesmo dia surgiu o convite para participar do III Encontro de Universitários. Vi nesse encontro a oportunidade que buscava, pois a uns 13 anos atrás eu já havia participado de encontros assim e já sabia mais ou menos como seria, sabia que minha experiência com Deus seria profunda.

Já cheguei no meio de uma dinâmica e de cara percebi o quão intenso seria. De olhos fechados, ouvi pela primeira vez a música que me tocaria, parece até que foi feita pra mim... Aquele refrão resumia o meu momento e a letra diz assim.. "Eu sei que sempre foi meu Deus e sei também que é o meu melhor amigo, eu sei que me perdi no tempo, mas sei que sou MUITO MELHOR CONTIGO..."

E assim me entreguei de corpo e alma nesse retiro, sabia que de lá sairiam todas as respostas que meu coração precisava.
Antes de ir para o retiro, estava sem um rumo a seguir, com muitas dúvidas, muitos conflitos internos, do tipo “quem eu sou?”, “O que estou fazendo no mundo?”. Saía para balada todo fim de semana, sempre com muitas amigas, mas isso não estava sendo o suficiente pra mim, faltava algo: apesar de toda essa "felicidade", me sentia vazia. E neste encontro pude reconhecer que o que me faltava era Deus, era o espaço Dele que estava vazio dentro de mim. Aprendi bastante nesses três dias, encontrei respostas para muitas de minhas perguntas e tive experiências maravilhosas.

Uma dessas experiências marcantes foi que, apesar de ser católica, mas nunca ter dado a Maria o reconhecimento que Ela merece, a dinâmica sobre Ela que tivemos me tocou muito e hoje vejo que sem Nossa Mãezinha também somos incompletos. Nesse retiro, eu cantei, dancei, rezei, diverti-me, conheci pessoas maravilhosas que quero que fiquem comigo para sempre. Também me confessei e me entreguei de corpo e alma, o que me deixou à vontade para tomar a comunhão e assim selar o meu reencontro com nosso Pai.


O que eu levo comigo desse retiro é que é impossível ser feliz sem Deus e sem ir à Igreja, por que antes eu achava que somente crer em Deus, Jesus, bastava, mas hoje vejo que não, que é preciso buscá-Lo em Sua casa, para manter a chama do Espírito Santo sempre acesa em nós.

Para finalizar, agradeço a todos que estiveram no retiro comigo, ao Tiago Manel pelo convite, a minha líder Flavi (linda!), foi maravilhoso pra mim fazer parte da sua equipe, a todos da equipe amarela, obrigada por confiarem e partilharem comigo a experiência de vocês e também por me ouvir e permitir que eu partilhasse também.

A todos da coordenação, foi tudo maravilhoso. Ao pessoal da Oficina de Valores, vocês são anjos do Senhor na Terra pra cuidar da gente. Enfim, a todos o meu muito obrigado.


Thais Carvalho
Formada em Administração - Participante do III Retiro de Universitários

0 comentários:

Postar um comentário