Por: Maicon e Natália




Me chamo Natália, sou do Rio de Janeiro e neste carnaval decidi ir ao encontro de Deus através de um retiro organizado pela Oficina de Valores. Tudo começou com o convite de dois queridos amigos e a surpresa de uma proposta diferente. Embora junto ao convite tivessem me surgido um turbilhão de dúvidas, a animação do meu namorado acabou me contagiando. Chegado sábado de manhã tive já que enfrentar o meu maior desafio. A vergonha! Era tanta gente desconhecida, de todo jeito, de tantos lugares. Quis voltar correndo para a minha casa! Mas achei melhor dar mais alguns passos...

E assim, diante de cada desafio encontrado eu vencia os meus medos e fraquezas e já era Deus agindo na minha vida. A subdivisão em grupos a princípio me incomodou um pouco, mas ajudou muito no referencial de amizade. O contato com a história de vida de cada um por meio das partilhas foi apertando e fortalecendo ainda mais os laços. Foram difíceis algumas condições como tempo corrido para banho, horários fixados para as atividades e pouco tempo para descansar. Mas a força vem de dentro quando entendemos o propósito. O contato com Deus foi maravilhoso!

Tivemos o momento pessoal e o coletivo com muita emoção e animação na dose certa. A cada vivência um aprendizado novo e em cada meditação matinal Deus estava ali, falando conosco e nos convidando para celebrar a sua presença na santa missa. Aprendi músicas maravilhosas! Palestras como família, amor e amizade me fizeram refletir bastante sobre como estão meus relacionamentos aqui fora e se de fato estou seguindo e compartilhando os ensinamentos de Deus corretamente. As dinâmicas me mostraram que não importa por quanto tempo teremos que nos expor as dificuldades e desafios que a vida nos impõe. Pois mesmo se a fé é pequena, a força para continuar e vencer vem de Deus. Basta confiar! Milagres acontecerão.

Obrigada Deus pelas amizades, ensinamentos, vivências e partilhas. E a todos que fizeram parte de alguma forma desse retiro maravilhoso!


Natália Vignoli
Participante do Retiro de Carnaval

_____________________________________________ 


"E aí, vai fazer o que no carnaval?" Morando no Rio de Janeiro, eu geralmente respondia a pergunta com “ah, vou descansar, ir à praia e ver uns amigos.” Mas nesse ano de 2015 fui para o retiro de carnaval da Oficina de Valores. O amigo que me convidou falou em linhas gerais, disse que teriam Missas, pessoas interessantes palestrando, atividades em grupo e esportes. Por minha conta achei que teria também muito tempo livre, descanso e a possibilidade de ler um livro. Chamei minha namorada e falei que seria um carnaval diferente, mas com muito conteúdo. Ela relutou um pouco, mas fomos. 

As acomodações e a comida eram relativamente simples. No início, percebi um pouco de dificuldades da minha namorada com os horários e por ficar em um grupo diferente do meu. Nossos colegas disseram que as experiências seriam melhor aproveitadas se tivéssemos em grupos diferentes e no fim das contas foi boa esta proposta. Junto dos nossos grupos participamos de palestras, pregações, Missas, momentos de uma intimidade muito grande com Deus e também desafios compartilhados. No retiro da Oficina aprendi mais sobre um Deus diferente, mais próximo da minha vida e acessível de uma forma mais particular, diferente dos métodos tradicionais.

Nós conseguimos sentir por meio de dinâmicas junto aos nossos grupos os milagres de Jesus, que era o tema do retiro, e entender uma necessidade interior de buscar e estar junto de Deus. Nas palestras ouvimos algumas experiências engraçadas e outras tocantes, que conseguiram transmitir mensagens de crescimento pessoal e contribuir para o fortalecimento da minha fé. Uma das pregações retirou um trecho do livro “O Senhor dos anéis” e curiosamente pra mim foi emocionante lembrar da contribuição e relevância que as minhas as amizades tiveram na minha vida. Saí com uma lista de amigos, que só tem crescido, e uma meta de inseri-los, incluindo Jesus, na minha vida. A animação não deixava o cansaço chegar. Aprendi músicas fantásticas que ajudaram a expressar gratidão, fé e amor com meu próximo e com Deus. Cantei tanto que fiquei mais rouco do que quando fui na Sapucaí, ou no Rock in Rio haha, a galera é muito alto astral!!!

Tive até alguns momentos de tempo livre, mas preferi aproveitar jogando vôlei, na piscina, ou compartilhando experiências que tinham me marcado antes de eu chegar até ali e as experiências dali que estavam me impactando muito positivamente. No fim das contas, não li o livro que levei, nem descansei muito, mas tive, sem dúvida, o melhor carnaval da minha vida!!

Maicon Nascimento
Participante do Retiro de Carnaval

0 comentários:

Postar um comentário