Por: Marcelo






O retiro de carnaval da Oficina de Valores foi para mim uma experiência sensacional e totalmente nova.

Fui para o retiro sem expectativa alguma, apenas com curiosidade por ser o primeiro retiro de carnaval em que eu participaria.

O retiro para mim foi muito marcante, tanto pelo tema "milagres" e toda a sua abordagem, quanto pelos momentos de animação e alegria sadia, pelas palestras construtivas, pelas partilhas incríveis que tive de alguns membros da Oficina que colaboraram para minha formação intelectual e pessoal e, acima de tudo, pela forma como Deus agiu nesse retiro. Deus de forma simples e providencial realizou grandes milagres nos nossos corações, milagres esses que serão realizados através de nossa colaboração à vontade de Deus e de nossa perseverança em seu caminho.

Seria piegas eu dizer que o retiro mudou minha vida, mas ouso dizer que foi o que aconteceu. Uma dessas mudanças foi a forma como eu olhava a profissão do professor e agora olho, com muito mais admiração, respeito e porque não dizer também como uma opção profissional a ser exercida por mim futuramente. Confesso que nunca antes havia pensado nessa alternativa e até torcia o nariz frente à algumas péssimas experiências que tive, mas a forma como a profissão foi mostrada pela Oficina com tanta paixão, da maneira como evangelizaram e mostraram que é possível um professor ser canal de graça em sua respectiva sala de aula e como o mesmo pode vir a ser um contribuidor do crescimento do aluno me despertaram essa admiração nunca antes pensada.

Deus queria que eu estivesse naquele retiro, para que ouvisse e vivesse tudo o que foi proposto e o que não só eu tirei de aprendizado para mim, como eu acredito que a maioria levou para as suas vidas que a nossa alegria não termina na quarta feira, mas que a mesma tem o potencial de durar o ano todo.

Agradeço a Deus pela oportunidade e em nome de todos os retirantes, agradeço a Oficina de Valores pela incrível experiência proposta com muito zelo e carinho, a todos nós.

Termino meu relato com uma frase que para quem não participou soará sem nexo, mas que para quem esteve no retiro tem todo um sentido.

"Oooooh, oficineiro, demorou formar o bonde do chapeleiro!"


Marcelo Ferreira
Participante do Retiro de Carnaval

0 comentários:

Postar um comentário